Micoplasmose Felina

Written by: Perla Lembi Date of published: .

imageA micoplasmose felina, também conhecida como anemia infecciosa felina, é causada pelo Mycoplasma haemofelis, anteriormente conhecida como Haemobartonella felis.

O micoplasma é um parasita microscópico que invade os eritrócitos (as células vermelhas do sangue), causando a sua destruição e levando a um quadro de anemia regenerativa. Esse parasita pode infectar o gato e não desenvolver a doença. Nesses casos o gato se torna um portador assintomático podendo permanecer anos nesse quadro. A doença se manifesta associada a baixa de imunidade e ou stress.

O micoplasma felino pode ser transmitido por artrópodes hematófagos (pulgas). Outros modos de transmissão são via placentária (da mãe para os filhotes) e transfusão de sangue, quando não se faz exames de rotina no doador.

Os sinais mais comumente observados em gatos doentes incluem mucosas pálidas e ictéricas, temperatura corporal normal, esplenomegalia palpável (baço aumentado), redução no apetite.

O diagnóstico é realizado através do histórico e concluído por exames complementares. Quanto ao tratamento, este deve ser realizado pelo médico veterinário que indicará os medicamentos apropriados e terapia de suporte.

Existe uma alta incidência de micoplasmose em gatos portadores de Leucemia (FELV). Mas a doença poderá ocorrer separadamente. De qualquer forma, quando ocorre uma anemia severa que não responde ao tratamento de micoplasmose, o teste de leucemia felina não deve ser descartado.

Deve ser fazer o uso mensal de produtos anti-pulgas, principalmente em gatos que tem acesso a rua, já que a doença pode ser transmitida de um gato para outro através da picada de pulgas.

Se o seu gato apresenta pulgas, está mais quietinho e com menos apetite, leve-o imediatamente para uma consulta com um médico veterinário.

Lembre-se que a Clínica Veterinária VetMaster fica aberta 24 horas, temos sempre um veterinário a disposição para atendê-los!

Tags: , ,